Ideias de negócios: como encontrar as melhores?

Créditos: Pixabay

Então você pensou bastante e decidiu que quer começar um negócio? Muito legal. Saiba que essa também é a vontade da maioria dos jovens com 20 e poucos anos. A pergunta a ser feita é: o que muda entre você e eles?

Existe um detalhe extremamente importante é: uma ideia. 

A maior parte das ideias vêm de vivência, sonhos e problemas que você encontra no dia a dia e deseja solucionar. Aqui nesse texto você encontrará um passo a passo que pode te ajudar a ter uma ideia memorável de negócio.

Créditos: chones / Envato

Número 1: Descubra o que você mais gosta de fazer

Essa parece ser uma coisa cliche. Algo que qualquer pessoa no mundo poderia falar. Além disso, você também pode encontrar esse conselho em qualquer sitezinho motivacional por aí.

Apesar disso, você lembra o discurso do Steve Jobs em Stanford? Existe uma frase que ele fala exatamente o seguinte: “Seu trabalho vai preencher uma parte grande da sua vida, e a única maneira de ficar realmente satisfeito é fazer o que você acredita ser um ótimo trabalho. E a única maneira de fazer um excelente trabalho é amar o que você faz.” – Steve Jobs

Aliás, vale muito a pena assistir esse vídeo caso ainda não tenha visto! Aqui está uma versão legendada para você:

Saiba que você pode ganhar sua vida fazendo o que você gosta. Lembra o que o Gary Vee diz? “É mais importante como você ganha o seu dinheiro do que o quanto você ganha.” – Gary Vaynerchuck

Qual o segredo para você conseguir fazer isso? Simples. É exatamente como Robert Kiyosaki diz em seu livro Pai Rico, Pai Pobre: aprenda a monetizar o seu negócio.

Por exemplo, se você gosta de jogar tênis, por que não ser um instrutor de tênis? Ou até mesmo abrir uma academia ou clube de tênis?

Ou quem sabe você gosta de jogar futebol? Nesse caso você não precisa ser necessariamente um jogador. Por que não ter um time? Ou quem sabe uma marca de chuteiras?

A ideia segue essa mesma lógica para qualquer assunto. Seja qual for a sua paixão, a única coisa que você precisa pra viver fazendo o que gosta é descobrir um jeito de monetizar aquilo que você ama.

Créditos: twenty20photos / Envato

Número 2: Repare nas coisas que mais te frustram

Pare por um momento e pense no que mais te dá raiva ao longo do dia. Qual é aquela coisa, aquela que acontece e você fica extremamente irritado? E daria TUDO para ver isso desaparecendo do seu dia-a-dia?

Pronto! Essa é exatamente a ideia de negócio! Onde há um problema, existe espaço para empreender! Pode parecer simples, mas é isso mesmo! É hora de parar com a ideia de que negócios só surgem de revoluções mirabolantes, ideias que ninguém nunca pensou antes. Foque no simples e você irá fazer as coisas acontecerem.

Uma enorme parte das ideias de negócios surgem a partir de problemas que as pessoas vivenciam em suas vidas. Quer alguns exemplos?

Muitas pessoas reclamavam de terem dores de cabeça em momentos inconvenientes, foi daí que surgiu o remédio para dor de cabeça. Além desse problema, existem diversos outros esperando por solução. Uma prova viva são aplicativos como iFood, Uber, QuintoAndar. Eles apareceram para solucionar problemas cotidianos – que já eram resolvidos de outra maneiras. Eles inovaram na forma de fazer, no modelo de negócio. Viu como dá?

E o melhor disso tudo? Como é um problema que as pessoas querem ver resolvido, elas estão mais dispostas a pagar pela solução. Ou seja, a comprar o seu produto ou serviço.

Créditos: Pressmaster / Envato

Número 3: Quer inovar? Pense em quais serão os desafios do futuro

Esse passo 3 é bastante semelhante ao anterior, mas existe uma diferença crucial: o foco agora está no futuro. Como você faz isso? Comece a anotar problemas que você imagina que irão surgir quando a tecnologia evoluir, quando uma nova descoberta for feita, etc.

Um exemplo histórico desse método de obter ideias é o famoso Leonardo da Vinci. Foi ele que teve as primeiras ideias de robôs, máquinas voadoras, tanques de guerra, paraquedas e até mesmo da bicicleta. Caso você for uma pessoa criativa e que tenha um forte desejo de inovar, então esse método é exatamente o seu.

Créditos: seventyfourimages / Envato

Número 4: Faça aquilo que vier a sua cabeça

Alguma vez já aconteceu com você de tentar lembrar alguma coisa e o pensamento não vem na memória? Mas assim que você começa a fazer algo, semelhante a um passe de mágica, você retoma o que estava pensando? Então, isso nos dá um forte indício de como ideias surgem: quando você faz algo, seu cérebro acaba buscando referências e produz mais elementos para você transformar uma ideia em algo concreto. Por isso, é melhor executar, fazer alguma coisa, porque isso pode ajudar – e muito! – você a pensar melhor e a ter mais ideias de como solucionar e fechar um projeto.

Parta para a ação! Ao invés de esperar a melhor ideia do mundo surgir, ou as melhores condições de temperatura e pressão existirem, comece a fazer a primeira coisa que vier a sua cabeça. Depois você vai melhorando esse primeiro insight. Só execute. Provavelmente, você não terá uma ideia brilhante logo de início, mas o mais importante é estar em movimento. Acione!

A partir desse momento, suas chances de pensar em algo realmente produtivo vão aumentar exponencialmente. Essa também é uma maneira excelente de você sentir na pele que falhar é normal no mundo do empreendedorismo. E se você errar, tudo bem! Você faz de outra maneira e tenta de novo.

É provável que você faça várias tentativas até acertar alguma. E… qual é o problema disso? Nenhum! Você só precisa acertar uma vez. Permita-se arriscar e falhar. Isso faz parte do seu caminho para o sucesso.

Número 5: Saia da mesmice

Para obter resultados diferentes, tenha ações diferentes, já dizia o filósofo. Como você espera ter novas ideias se você sempre faz as mesmas coisas? Concorda que precisa ter outras fontes de inspiração? Para você ter boas ideias para empreender um bom caminho é a experimentação.

Existe  um conceito de criatividade que diz que ela nada mais é do que a combinação de outras ideias já existentes. Considerando essa definição, você pode se embasar, pesquisar, ver coisas novas e experimentar! Para você fazer conexões nunca antes feitas um caminho muito útil é buscar tarefas, condutas, formas, caminhos nunca antes realizados, nunca antes percorridos.

Isso inclui viajar para lugares novos, ir em restaurantes que você nunca foi, andar por uma parte da cidade que é desconhecida para você, assistir filmes diferentes, dar oportunidade para ritmos de músicas que você não costuma escutar, etc.

Comece a fazer coisas diferentes e você vai perceber que vai começar ter novas ideias como nunca teve antes em sua vida.

Créditos: Pixabay

Resumindo: Você pode ter novas ideias de diversas maneiras. Ter ideia para começar um negócio não pode ser uma desculpa para você ficar parado e não executar nada. Combinado? Como ter ideias? Esses foram os principais pontos que destacamos:

Número 1: Descubra o que você mais gosta de fazer

Número 2: Repare nas coisas que mais te frustram

Número 3: Quer inovar? Pense em quais serão os desafios do futuro

Número 4: Faça aquilo que vier a sua cabeça

Número 5: Saia da mesmice

Qual delas é a melhor? Aquela que serve melhor para você. Cada pessoa experimenta a vida de uma forma diferente e, consequentemente, tem ideias de maneiras diversas. E tem muitas outras formas de pensar em modelos de negócios, aqui demos uma pincelada para você.

Escolha aquela que mais te agrade e faça com que surja uma ideia boa, que se encaixe com você, com o seu jeito. Aquela que vai te gerar um encantamento tão grande que você vai querer mais do que qualquer coisa transformar em realidade, fazer dela algo material, real.

Deixe o seu legado para as próximas gerações.

Quer ter ideias para o seu negócio? Siga o ADF nas redes sociais!

Por Ângelo Silva

Deixe uma resposta

Antes de prosseguir, você aceita receber informações no seu email?

Saiba mais sobre as políticas de privacidade clicando aqui.

is_page (https://alemdafacul.com/adf-jdl/)